Leonardo de Gbadé concorre ao #PrêmioEXU de Música Afro-brasileira.
03/04/2018 - 21h47 em Música

Leonardo de Gbadé conta que “A música teve como inspiração minha esposa Nochê Aletéia de Abê e a fundação do Ilê Ashé, ao qual fazemos parte, através de nossa ancestralidade pelos Voduns e Orixas donos da casa, contanto um pouco da importância de Sra Yemanja em nossas vidas, mentora e fundadora do Ile Ashé, bem como a regência de todos os nossos Orixas e Voduns que governam nosso Ilê, Yemanja , Xangô, Toy Acossi, Yeye Pondá, Yeye Abalo e Toy Odé . A Música ¨Senhora do meu Destino¨ mostra o quanto Sra Yemanjá através de Nochê Aleteia em relação íntima uma com a outra ¨ Mãe e Filha e ambas mães da casa, conduzem nossas vidas com maestria, sabedoria, fé e amor pelo sagrado.” Para ele “é muito importante participar desse Prêmio, que nos abre portas e possibilidades de mostrar um pouco do nosso trabalho, em parceria com a Rádio Exu que é um divisor de águas para nossa religião, a qual mostra para nosso País a importância da cultura, a valorização das tradições de matrizes africanas bem como defensora de nossos direitos. Trabalho muito significativo de mostrar a essência das tradições africanas, através de seus cultos, musicalidade, maneira de vestir, culinária e filosofia de vida.”

Não sou Negro de pele, mas trago a negritude em meu sangue e no meu espirito.” - Leonardo de Gbadé (Leonardo Chagas), paraense, Administrador, Empresario e Babalorishá/Toy Vodunno do Ilê Ashé Abê Manjá Toy Gbadé.

Leonardo de Gbadé (Leonardo Chagas), paraense, Administrador, Empresario e Babalorishá/Toy Vodunno do Ilê Ashé Abê Manjá Toy Gbadé. Foi iniciado em 2004, fundador do Ilê Ashé Abê Manjá Toy Gbadé, juntamente com sua esposa, Nochê Aleteia de Abê. Na Casa de Axé, trazem a tradição de nossa nação resgatando valores, cultos e ritos para não deixar morrer a essência do tambor de Mina em águas paraenses. Como uma das tradições temos o ¨Bumba Boi de Encantado (Orgulho do Mearim) de Sr. Toquinho de Aroeira (Encantado de Nochê Aleteia) que acontece todos os anos em meados do mês de agosto, trazendo também a tradição do ¨Tambor de Crioula¨e do ¨Carimbó¨ que sempre acontecem após rituais e cerimônias. Em parceria com o Grupo folclórico Trio Chamote com Interprete, Musico e Compositor Luizinho Lins, que sempre nos apoia em nossos movimentos culturais.

 

A música “Senhora do meu destino” será apresentada no dia 18 de abril a parttr das 19h - o Festival acontece no Espaço Cultural APOENA, na Av. Duque de Caxias, 450, em Belém/PA.

Foram 26 músicas de 14 compositores vindos de 3 estados da Amazônia Legal, Amapá, Maranhão e Pará, que inscreveram composições com as temáticas da valorização das lutas negras brasileiras e a ancestralidade africana e das encantarias e cabocos afro-brasileiros. 

Para nós, da Rádio Exu, esse festival aponta a perspectiva da produção musical de combate ao racismo e da valorização do patrimônio artístico e cultural afro-brasileiro e afro-amazônico.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!