Pará - O GT criado no CONSEP para combater violência contra religião de matriz africana se reuniu na tarde de quarta-feira, 3 de maio de 2017
04/05/2017 - 12h15 em Novidades

O GT criado no CONSEP para combater violência contra religião de matriz africana se reuniu na tarde de quarta-feira, 3 de maio de 2017 sob a coordenação da conselheira Zélia Amador de Deus, representante do CEDENPA no Conselho Estadual de Segurança Pública - CONSEP-PA.

Os membros do GT informaram sobre a visita no disque denuncia da SEGUP-PA, e as informações sobre o numero 181 - por onde as comunidades de matriz africana podem realizar denuncias anônimas de abordagens constrangedoras, ameaças e outras violências sofridas.

Varios membrois do GT informaram que tem sido abordados por pais e mães de santo de cidades do interior que pedem a oportunidade de investigação em suas cidades, como Marabá, Tucurí e Santarém. A coordenadora vbai encaminhar para o CONSEP a solicitação de deslocamento para atender a esses pedidos.

Mãe Vanda de Ogum Rompe Mata compareceu na reunião e acrescentou informações sobre o assassinato de seu filho, em 2013, pedindo que incluissem este caso na investigação do grupo de trabalho. Táta Kinamboji também pediu a inclusão do caso do assassinato de Mametu Luango, a Dona Morena - Neire do Socorro Ferreira da Fonseca -, asassinada com indícios de execução no município de Moju/PA em abril de 2015.

 

COMENTÁRIOS